domingo, 26 de janeiro de 2014

Passeio de Trem de Curitiba a Morretes

 
Voando sobre a Mata Atlântica 
 
O passeio de trem entre Curitiba e Morretes é uma viagem no tempo percorrendo curvas, pontes e túneis construídos a mais de 100 anos. A paisagem da floresta atlântica acompanha o trajeto em quase toda sua extensão e nos surpreende com sua beleza a cada curva, além dos casarios, trilhas e pontos históricos que estão no caminho até o Barreado, prato típico de Morretes.

Morretes, PR
 
Para chegar: Curitiba fica apenas há 206km de Itajaí, então foi mais uma viagem de carro que fizemos. A cidade também conta com um aeroporto internacional, então se você vem de longe não encontrará problemas para chegar na cidade.
Hospedagem: Ficamos hospedados no Hotel Ibis Budget, o quarto é simples, mas muito limpo e confortável e comporta até três pessoas. O ponto positivo é que ele fica muito próximo da Rodoferroviária e você pode até deixar o carro no hotel e ir caminhando para o embarque. http://ibisbudgethotel.ibis.com/pt-br/hotel-5519-ibis-budget-curitiba-centro/index.shtml
Restaurantes: O prato mais famoso de Morretes é o Barreado. Experimentamos o prato no restaurante Casarão e recomendamos tanto pelo ótimo atendimento quanto pela comida que estava excelente.  Vale a pena experimentar o prato típico da região. http://www.barreado.com.br/casarao/index.htm
Agência de turismo: Você pode comprar a passagem de trem apenas nas estações de Curitiba, Morretes, Campo Grande ou Vitória. Se você está em outra cidade como nós, pode entrar em contato por e-mail ou telefone que a Serra Verde indica a agência de turismo mais próxima credenciada. Nós fizemos a compra através da Jopavi Turismo de Balneário Camboriú, fomos muito bem atendidos e eles também vendem pacotes com transporte e almoço inclusos se você não quiser se preocupar com nada.  http://www.jopaviturismo.com.br/ e http://serraverdeexpress.com.br/serra/destinos

Interior do Trem
 
Família em Morretes

Este foi um passeio muito especial para nós por dois motivos, o primeiro foi que convidamos nossa família para nos acompanhar nesta aventura. E o segundo foi que ganhamos nossos ingressos para o passeio de trem num sorteio realizado pelo Departamento de Turismo do Paraná, depois que passamos pela  BNT Mercosul em 2013 e deixamos nosso cartão de visitas do blog na urna do stand do Paraná.  A feira é realizada anualmente e é um dos mais importantes eventos de turismo do Brasil e América do Sul  voltada para os hotéis e agências de turismo e acontece no Parque Beto Carrero World em SC (http://www.bntmercosul.com.br/portugues/inicial/).

Estação de Trem em Curitiba

Nosso passeio estava agendado para dezembro, chegamos a ir à Curitiba e andar alguns km no trem mas devido a um problema nos trilhos ele precisou retornar a estação e o passeio foi cancelado. Os passageiros tiveram a opção de ter o dinheiro de volta ou remarcar, nós optamos pela segunda opção e fizemos o passeio em Janeiro, tudo foi feito de forma bem organizada e não tivemos problemas com a nova data escolhida.

Estação desativa no caminho..

O passeio inicia em Curitiba e percorre cerca de 68 km até chegar em Morretes, o fim da linha é em Paranaguá mas o serviço até lá ocorre somente aos domingos, e se você está na região a turismo é melhor parar em Morretes pois a cidade é muito mais charmosa que sua vizinha do litoral.  A saída ocorre pontualmente as 08:15hs, nós fomos no vagão executivo que é confortável e tem como diferencial do vagão turístico a cerveja no serviço de bordo e janelas maiores. Por falar em serviço de bordo, são servidos água, refrigerante, chá gelado e um kit viagem nos vagões turístico e executivo e ambos possuem também um guia turístico que vai explicando por onde passamos e também contando a história da ferrovia.                                   
 
Kit Lanche

Trem Curitiba x Morretes

O passeio percorre no início parte da cidade de Curitiba e segue passando por algumas cidades metropolitanas, mas a parte interessante e bonita começa quando o trem começa a descida da serra e passa pela mata atlântica e os incontáveis túneis e pontes. Alguns dos pontos mais interessantes que vimos pelas janelas são a  Estação de Piraquara, a Represa Caiguava, o Túnel Roça Nova, sendo este o mais extenso do caminho, com 457 metros de comprimento. Mais a frente podemos ver a Represa do Rio Ipiranga, usada antigamente para a geração de energia da Usina Marumbi. Passamos ainda pela Ponte São João, com cerca de 55 metros de altura e depois no famoso Viaduto do Carvalho.

Represa Caiguava
 
Ponte São João, Serra do Mar
 
O passeio também nos presenteia com vistas incríveis, antes da viagem pesquisei para saber qual o melhor lado do trem para se sentar, mas ambos os lados tem seus atrativos. Independente do lado escolhido você verá belas paisagens, e para ver as do lado oposto é só se levantar e contar com a ajuda do seu vizinho para que ele não ocupe a janela toda. Ao longo de toda viagem passamos por várias cachoeiras, entre elas a Véu de Noiva e também a conhecida Garganta do Diabo, além de diversos rios e riachos que são cortados pelos trilhos..

Rio na Serra do Mar

Cachoeira no caminho
 
Chegamos em Morretes por volta das 13:00h, os trilhos estavam congestionados e tivemos que fazer algumas paradas para que os trens de carga passassem por nós, com este atraso não tivemos muito tempo para percorrer as ruas da cidade, e fomos direto almoçar o famoso barreado para não perder tempo e nem a principal atração da região. O Barreado é um tipo de carne assada de panela, mas que devido as diversas horas de cozimento se desfia e vira um caldo, usado como base para a preparação do pirão. Os garçons vem a mesa e nos ensinam a melhor forma de preparação, uma das tradições é mostrar como o pirão deve ficar firme no prato e viram ele em cima da sua cabeça (medo nessa hora..rsrs). Eu não sou grande fã de pirão, mas gostei do barreado e quando voltar na região repetirei o pedido com certeza.
 
Chegada em Morretes e "testando" o barreado
 
Depois do almoço caminhamos um pouco pela margem do rio, tiramos algumas fotos, passamos pela feirinha de produtos da região como banana chips e bala de banana, aliás a banana é base para muitas especiarias por lá pois é facilmente encontrada, e ainda conhecemos algumas lojas de artesanato. Morretes fica num vale, então é uma cidade muito quente no verão, se for fazer o passeio nesta época opte por roupas leves e tenha sempre a mão agua para se hidratar.
 
Morretes, PR   
 
Para retornar a Curitiba optamos por comprar passagens de ônibus pela Viação Graciosa, cada passagem custou cerca de R$ 15,00. Eles tem a opção de uma linha turística que passa pela Serra da Graciosa, uma estrada muito bonita e histórica (ainda com calçamento e sem asfalto) e nós compramos com esta rota. Na época que fomos a saída do ônibus acontecia as 15:00hs na rodoviária, eu me enganei com as distâncias pois achei que era perto do centro, mas são algumas quadras e como estávamos com nossos pais que precisam andar mais devagar quase perdemos o ônibus. Sugiro que caso escolha esta opção tente pegar um taxi ou deixe mais tempo livre para o retorno. Vi no site que esta linha turística está saindo agora as 16:45hs, acredito que seja melhor pois mesmo que o trem atrase você terá tempo suficiente de almoçar, conhecer Morretes e ir até a rodoviária com calma. http://www.viacaograciosa.com.br/ 
 
Morretes, PR
 
Nossa viagem estava terminando, mas ficamos muito feliz em ter a oportunidade de fazê-la, ainda mais com nossas mães que tinham o sonho de andar de trem novamente há muito tempo. Curitiba é uma cidade linda e com ótima infraestrutura para receber o turista (em breve faremos um post sobre Curitiba), a Serra Verde Express está de parabéns pois tem um serviço excelente e é responsável por manter e nos mostrar este pedaço tão singular da nossa região. E Morretes, uma cidade no meio das montanhas com uma culinária deliciosa além de construções históricas e belas paisagens.
 
Não coloquem a cabeça para fora do trem, é perigoso..rsrs
 
Recomendamos o passeio para quem quer dar uma escapada da rotina, ver paisagens bonitas, se divertir com a família, comer bem e conhecer um pouco mais da história do nosso país. Até logo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita em nosso blog.